O Brasil no rumo do abismo

A cegueira em relação às mentiras veiculadas pela candidatura Bolsonaro só foi possível porque encontrou terreno fértil numa população esgotada com a realidade de corrupção dos agentes públicos e a sua sempre sistemática miséria no que diz respeito à educação, saúde, moradia, segurança.

A população brasileira vai ao segundo turno das eleições presidenciais mergulhada num surreal mundo de mentiras que se distribuem alucinadamente pelas redes sociais, principalmente as que não são públicas, como o uatizapi. Em cada grupo de amigos ou de familiares, proliferam as mensagens – produzidas com uma imagem e uma frase de efeito – vaticinando coisas que poderão acontecer caso ganhe o candidato do PT: kit gay nas escolas, crianças sendo aliciadas, pedofilia, lavagem cerebral para o comunismo, aumento da violência, e mais uma sorte de outros absurdos que, apesar de serem inacreditáveis, são assumidos como verdade. “Minha tia mandou” ou “Veio direto do professor do meu filho”, são frases usadas para respaldar como verdade as mentiras que voejam pelos […]

Por qué se vota a Bolsonaro

El profesor de la Universidad de Vigo y especialista en Brasil, Carlos Sixirei Paredes, nos desgrana la situación política Brasileña y el auge de Bolsonaro

El huevo de la serpiente comenzó a incubarse en 2010 cuando Dilma Rousseff sucede a Lula en la jefatura del Estado. Una elección que fue aceptada disciplinariamente por el PT pero no entusiasmó ni a las bases ni a los electores para quien el hasta entonces ministro de Justicia Tasio Genro reunía más apoyos y mejores condiciones. Dilma, recibió una gran herencia en forma de apoyo electoral y de excelente situación económica. Pero no tardarían en presentarse los nubarrones de la crisis que no fue bien administrada y el PT comenzó a perder votos. Ciertamente la figura de Lula concitaba todavía muchos apoyos tanto en el Nordeste del país como entre los sectores sociales más desfavorecidos la suma de los […]

Quem conta um conto, aumenta um ponto (e um emoticon também)

A enxurrada de Fake News produzidas nestas históricas eleições brasileiras se mostram como um inimigo a mais à boa e velha política argumentativa. Barrar estas informações se tornou um objetivo a mais na corrida presidencial.

As eleições de 2018 no Brasil já são históricas não somente pelo clima gerado pós-impeachment de Dilma Rousseff, mas também devido o protagonismo dos meios de comunicação digitais. Os veículos comunicadores, em geral, são peças chaves para divulgar as campanhas eleitorais. Porém, nos últimos anos, por diversos fatores, a Internet passou de extremos como “querido amigo” à “persona non grata”. Não é de hoje que o Twitter, Facebook, Instagram, Youtube e WhatsApp se tornaram aliados (e também ferozes inimigos) das campanhas políticas. Voltando a mais ou menos há uma década (e me lembro muito bem porque foram eleições municipais), os vídeos e singles vinculados na televisão e rádio, respectivamente, começaram a aparecer no Youtube, eternizando candidatos e seus projetos. Outro fenômeno […]

03 de outubro de 2018

03 de outubro de 2018. 04 dias para as (históricas) eleições para presidente do Brasil. Aliás, todas as eleições são históricas neste país, cujo processo de redemocratização é uma verdadeira novela sem fim e os enredos se repetem ou tomam rumos totalmente inesperados. Novelas: um gênero televisivo/literário que o brasileiro aprecia muito. Peço desculpas ao tom ácido em que começo esta postagem e que será a primeira deste humilde blog. Apresento-me para não ser indelicada: meu nome é Catarina Campos, brasileira de Salvador, atualmente vivendo na Espanha. Professora de português e literatura por formação, (pseudo) artista por acidente, estudante no Programa de Estudos Migratórios da Universidad de Jaén na Espanha e que almeja se inserir mais e mais no mundo […]

Mulher, defensora da natureza!

Eliane Potiguara

Sempre que alguém me pergunta quem eu sou, existe quase que uma obrigatoriedade de você ter que responder a cerca de seus títulos, seu estado civil, idade, o que você faz, o que fez, o que pretende fazer, onde nasceu, quem são seus parentes? Eu hoje tive vontade de falar de outra coisa. Eu sempre tive que transpor obstáculos para sobreviver. Toda minha família indígena, extremamente empobrecida, imigrou das terras indígenas paraibanas para Pernambuco por ação na neo-colonização do algodão por volta de 1922. Em pouco tempo, imigrou num navio sub-humano para o Rio de Janeiro. Nasci ali em 1950, num gueto formado por indígenas e judeus imigrantes da 2ª guerra Mundial que se tornaram bananeiros, carvoeiros. Minha família morou […]

As mulheres na frente

Nesse sábado, em todo o Brasil as mulheres marcharão. Estarão juntas, e mostrarão sua força.

Nesse sábado, 29, as mulheres brasileiras mostrarão sua força, manifestando-se em todo o país contra a facistização da vida representada pela figura do Bolsonaro. Uma mobilização única, original e poderosa, que unifica os contrários e coloca as gentes em luta contra a violência e o ódio ao outro. Lembro como se fosse hoje a passeata, em Florianópolis, em 20 de junho de 2013. Era o auge dos protestos contra a corrupção – início da batalha contra o governo petista –  e a capital viu saírem às ruas pessoas que sempre jogaram pedra nos manifestantes tradicionais. O protesto juntou mais de 30 mil almas, coisa nunca vista. A RBS, rede catarinense filiada a Globo, transmitia ao vivo. Estranhamente não chamava ninguém […]