Guerra econômica e política contra Venezuela não tem trégua

O fato é que com eleição da nova junta e também de um novo presidente, Guaidó já não pode mais usar o argumento de que é o presidente da Assembleia Nacional e com isso seguir com sua farsa apoiada pelos Estados Unidos.

Luis Parra

A Venezuela inaugurou com Hugo Chávez um novo tempo na América Latina, o tempo da revolução democrática. E desde 1998 o país vem sendo atacado pelos Estados Unidos na tentativa, primeiro de impedir o avanço do processo bolivariano, e depois na intenção de destruir o que foi sendo construído pela maioria da população. Com a morte de Chávez em 2013 os Estados Unidos pensaram que seria mais fácil tomar de volta o país, mas Nicolás Maduro seguiu o legado bolivariano e venceu as eleições para a presidência. Por conta disso, em 2015 iniciou uma guerra econômica dos Estados Unidos contra a Venezuela, na busca de criar o caos dentro do país, contando com a ajuda providencial da elite local. A guerra […]

A Revolução Brasileira avança

Coletivo nascido em 2017 realiza seu primeiro congresso em 2020 amparado no nacionalismo revolucionário e na construção da revolução brasileira.

Revolução brasileira

Era verão. 2017. Florianópolis. Na casa do professor Nildo Ouriques, ele e alguns ex-alunos discutiam a política brasileira. O Brasil estava vivendo um turbilhão, fruto do processo de destituição da presidenta Dilma Roussef iniciado em 2016. Por isso, todas as conversas convergiam para o tema. A falta de uma ação mais ousada por parte do governo petista, que enfrentou os ataques sem convocar a população para a luta, mostrava que estava mais do que na hora de uma nova práxis na política. Esse era um debate que Nildo vinha fazendo desde há anos, mas de certa forma restrito à universidade e a alguns circuitos sindicais onde o professor realizava formação. Para ele, a dobradinha PSBD/PT , configurada no que chama […]

Uruguai, por que perdeu a Frente Ampla?

Uma das grandes falhas do governo da Frente Ampla foi não ter investido seriamente na organização popular autônoma, oferecendo ferramentas para uma participação direta da população na vida do país e nas decisões importantes.

Por que perdeu a frente ampla

A derrota da Frente Ampla no Uruguai, depois de 15 anos governando o país, é mais um episódio dentro da longa luta que se trava na América Latina para superar a dependência e o subdesenvolvimento. Poucos dias depois de um golpe na Bolívia sacar do governo a dupla Evo/Linera, de marca progressista, muita gente se surpreendeu de que os uruguaios também tirassem, nesse caso pelo voto, um governo que tantas transformações positivas trouxe ao país. Mas, uma mirada mais aguçada para a realidade concreta de cada um desses países mostra que os governos, apesar de avançarem em questões importantes, não conseguiram aprofundar o caminho das mudanças estruturais, as que realmente transformam a vida cotidiana de toda a gente e a […]

Morremos sempre, mas levantamos

Aos que não têm nem a máquina ideológica, nem as forças da repressão, resta juntar-se e, a partir daí, lutar.

Bolivia com Evo

Quem estuda história sabe. Desde os tempos mais remotos, quando o ser humano decidiu dividir-se em classes, há os que dominam em nome de suas demandas particulares e os que são dominados, geralmente conformando a maioria. Nem sempre foi assim, certo? Houve uma infinidade de povos que existiram em sociedades livres, comunitárias, de mando compartilhado, cooperativo, nas quais as demandas de todos eram levadas em conta. E até hoje podemos encontrar entre algumas nacionalidades originárias essa forma de ser e estar no mundo, ainda que ilhadas pelo capitalismo.  Dominar em nome de interesses particulares não é coisa fácil. Há que ter todo um trabalho cultural, ideológico, de disseminação de mentiras, que de tantas vezes ditas, se fazem verdades. É preciso […]

Bolívia: algumas notas para entender o golpe

Não é à toa que, hoje, toda essa histórica carga de promessas não cumpridas volta à tona, sempre fomentada pelo poder colonial, hoje representado pelos Estados Unidos. 

Golpe de Estado em Bolivia

A batalha entre a oligarquia rural de Santa Cruz e os povos originários bolivianos não é de hoje. É a marca da colônia que existe e subsiste. Desde que Evo Morales, um aymara, assumiu a presidência do país e iniciou o processo de nacionalização das riquezas, até então entregues às multinacionais, o plano para derrotá-lo foi iniciado. A nacionalização do gás já no início do governo levou a uma primeira tentativa de desestabilização e as propostas de retomada das minas e de outros setores estratégicos como a comunicação também acirraram o ódio da elite branca, capitalista na sua essência, bem como títere dos Estados Unidos. Foi por isso que em 2008, também desde Santa Cruz foi alavancada uma campanha separatista, […]

Censura e Espionagem: o AI-5 que já está aí

Agora, no governo de Jair Bolsonaro, o deputado José Medeiros propõe uma mudança na Lei do Marco Civil da Internet, estendendo a vigilância e o monitoramento dos movimentos sociais e pessoas “suspeitas” para os provedores de Internet.

Partidos extintos e garantias suspensas

Quando em 2001 os Estados Unidos foram supostamente atacados por terroristas árabes que destruíram as torres gêmeas num atentado devidamente filmado por vários ângulos, o mundo ficou estarrecido. Durante semanas só se ouvia falar nisso. O terrorismo havia se infiltrado nos Estados Unidos destruindo os prédios e matando mais de três mil pessoas. Foi uma comoção geral. O acontecido serviu muito bem aos interesses do governo do então presidente George Bush que imediatamente autorizou a invasão do Afeganistão, onde, também supostamente, estaria Osama Bin Laden, acusado como o responsável pelo ato de terrorismo. Mais tarde soube-se que Obama não estava lá, mas não tinha mais importância. O Afeganistão estava fora da órbita da Rússia, e os Estados Unidos estão lá […]