IELA faz quinze anos

Durante todo o mês de junho, até a data do aniversário, recordaremos momentos importantes desses 15 anos de vida. No dia 10 de julho o IELA promoveu a celebração oficial, às 18h e 30min, no CSE, afinal, 15 anos é um marco importante da consolidação do trabalho desenvolvido.

IELA

O ano é 2004. A América Latina inicia um processo de mudança. Vários governos de espectro popular começam a aparecer. As lutas sociais dos anos 90 parecem empurrar vitórias. Esse é o ano em que quatro trabalhadores da UFSC decidem criar um projeto de estudos sobre a América Latina. Nildo Ouriques, Beatriz Paiva, Elaine Tavares e Raquel Moyses. Coisa singela, observação da mídia e análise. O trabalho começou numa pequena salinha do Departamento de Serviço Social, na Universidade Federal de Santa Catarina, e foi registrado o seu nascimento no dia sete de julho. Em poucos meses já apresentava resultados. Uma página na Internet para divulgação das notícias e análises e a primeira edição das Jornadas Bolivarianas. Através do então Observatório Latino-Americano […]

Venezuela: o crime do qual poucos falam

O ataque é orquestrado pelos Estados Unidos e pelos governos dos países ricos, como os europeus, que estão fazendo o jogo do império, segurando criminosamente o dinheiro do povo venezuelano.

Bloqueio economico Venezuela

É comum lermos nos jornais ou vermos na televisão que o governo da Venezuela está matando seu povo, visto que falta comida, remédios e segurança. Mas, de fato, se há mortes na Venezuela, e há, os culpados não são os agentes do governo. Desde 2015 que o país está vivendo uma série de ataques e sanções econômicas simplesmente porque o governo dos Estados Unidos não aceita a decisão das urnas, as quais tem mantido na presidência o bolivariano Nicolás Maduro.  Milhões de dólares pertencentes ao povo venezuelano, que estão em bancos fora do país, foram congelados. Não há como acessar os recursos e com isso não há como comprar comida ou remédios. As acusações contra Maduro são as mesmas de […]

O Brasil e a educação

A expectativa é de que ao trabalhadores da educação se juntem também os demais trabalhadores, pois só as ruas podem derrotar o projeto de reforma da Previdência.

Brasil e a educação

No dia 30 de maio repetiram-se as gigantescas manifestações do setor de educação, em protesto contra os cortes realizados pelo governo de Jair Bolsonaro nas contas das Universidades e dos Institutos Federais. Seguindo com a linha mestra de buscar destruir tudo aquilo que possa ter qualquer ligação com o Partido dos Trabalhadores, o governo insiste que as universidades são espaços de “balbúrdia” e que não precisam de investimentos. Essa é a aparência do cenário do corte, que joga para a torcida e fortalece a liderança de Bolsonaro junto ao grupo proto-fascista que o apoia. Mas, na verdade, os cortes se configuram na boa e velha chantagem, típica da pequena política. O que o governo espera é a adesão dos reitores […]

Todos os dias, assassinando a verdade

Julian Assange escolheu o caminho da verdade e hoje paga por isso. No mundo das mentiras, ele é o vilão.

assassinando a verdade

Sempre foi difícil para as pessoas saber onde se esconde a verdade. Durante muito tempo ela aparecia como revelada por deus. Desde um livro, escrito por sacerdotes de uma igreja, deus falava e estava dito. Poucos eram os que questionavam. E assim, os homens do poder, usando deus como escudo, iam definindo a verdade em seu benefício. Depois, com o teatro mambembe, as companhias de atores que circulavam pelos caminhos apresentavam novas versões dos fatos e a verdade assomava, ainda que em pequenas golfadas, nem sempre assimiladas. Mais tarde veio o jornalismo, como um fazer específico de divulgação de notícias que, por origem, deveria estar comprometido com a verdade dos fatos. Mas, não tem sido assim. O jornalismo é profissão […]

A caderneta e o comunismo

Em Cuba o salário é baixo sim, mas há pouco que precisa ser comprado. Então, há que ver a floresta, não a árvore.

caderneta e o comunismo

Outro dia alguém das minhas relações publicou um banner no qual estava escrito assim: “Obrigada militares, por nos livrarem do comunismo em 64. Senão, hoje estaríamos nas filas, com uma caderneta na mão, buscando comida”. Fiquei meditando muito sobre isso. E no fundo do meu coração procurei entender como alguém que vive num país como o nosso, no qual pessoas ainda morrem de fome, dormem em barracos imundos, não conseguem dar vida digna aos seus filhos, considera ruim que em um país comunista as pessoas tenham uma caderneta com a qual conseguem comida. Ora, minha gente, isso significa que as pessoas recebem comida. Onde está o horror disso? Horror não seria passar pela periferia de suas cidades e ver tanta […]

A luta contra a guerra é a luta principal hoje no mundo

Sem a incorporação da luta contra o capitalismo predador e contra as guerras genocidas promovidas pelos Estados Unidos sequer haverá tempo para investir em políticas de melhoramento do clima e do ecossistema. 

Luta contra a guerra

No último dia 15 de março milhões de crianças foram mobilizadas em uma manifestação mundial contra o aquecimento global e na defesa do planeta. Os protestos, realizados em mais de 70 países, foram divulgados à exaustão em todos os meios massivos de comunicação. Imagens das crianças pedindo cuidados com o meio-ambiente encheram as telas no que ficou cunhado como “o maior movimento ambiental da história” ou a “Greve Global pelo futuro”. Segundo os organizadores, se as crianças não se mobilizarem, os adultos destruirão o planeta com a falta de cuidado em relação ao meio-ambiente. Esse movimento teve início com a ação de uma garota sueca, de 16 anos, Greta Thunberg, que começou a faltar às aulas nas sextas-feiras, desde agosto […]