EUA oferece recompensa pela cabeça de Maduro

Maduro rechaçou todas as acusações e qualificou como mais um ataque rasteiro dos estados Unidos, justo num momento em que a população está enfrentando o vírus mortal Covid-19 e a Venezuela, apesar de todos os bloqueios, consegue enfrentar com eficácia. 

recompensa por Maduro

Nem mesmo uma epidemia mundial, que vem cobrando milhares de vidas em todo o planeta, arrefece o império estadunidense na sua sistemática campanha para dobrar os joelhos de qualquer governo que não se alinhe aos seus interesses. Derrotado em várias tentativas de desestabilizar o governo de Nicolás Maduro, na Venezuela, agora resolveu oferecer uma recompensa pela cabeça do presidente, acusando-o de ser um narcotraficante. Colocou 15 milhões de dólares à disposição para quem ofecer provas sobre a acusação. Igualmente o Departamento de Justiça do EUA acusou o Ministro da Defesa Vladimir Padrino López de distribuir cocaína em aviões oficiais, bem como permitir que aviões de narcotraficantes colombianos pousassem no território venezuelano. Ele estaria na lista de narcotraficantes dos EUA desde […]

Indígenas: ninguém entra, ninguém sai

Segundo Cris Tupan, a fala do presidente da nação, chamando a população para o trabalho pode ter um efeito muito grave nessas populações pois as chances de se infectarem aumenta ainda mais.

Indígenas e coronavirus

Na aldeia Pirarupá, Palhoça, região metropolitana de Florianópolis, os Guarani enfrentam mais um – dos tantos e intermináveis – desafios com os quais se deparam cotidianamente, dessa vez com o novo coronavírus que, como para toda sociedade, está à sua porta. Desde que o processo de isolamento social começou, os indígenas se organizaram e têm mantido as aldeias fechadas para qualquer contato. Até porque, ainda reverbera na memória o fato de que uma boa parte dos parentes pereceu, no período da invasão em 1500, justamente por não terem os anticorpos necessários para enfrentar as doenças dos não-índios. E entre as famílias que seguem vivendo nas terras indígenas, demarcada ou não, isso ainda é uma realidade. “Para nós, esse fechamento das […]

O congresso será cúmplice?

É muito importante que a comunidade atenda as medidas de prevenção da doença divulgadas pelos profissionais da saúde.

congresso será cúmplice

O governo federal, em meio ao crescimento dos casos de coronavírus no país decidiu editar uma medida provisória com a qual permite aos patrões que suspendam o contrato de trabalho e o salários dos trabalhadores por quatro meses. Justamente os próximos quatro meses que serão os de maior curva do contágio da doença. A medida, perversa e cruel, é uma afronta a toda a população que nesse momento vive um momento de puro terror, com muitas famílias não tendo como garantir o isolamento. Ele disse no seu twiter que o governo – nesse período – dará uma «ajuda» ao trabalhador. Mas essa «ajuda» não será o mesmo valor do salário. A maioria dos países europeus, que atualmente estão vivendo o […]

Sobre o vírus e os trabalhadores

Fábricas e empresas estão parando por decisão dos trabalhadores, que organizam paralisações e greves.

Virus e trabalhadores

Quem está acostumado a ver filmes de tragédias biológicas de roliúde sabe qual é a fórmula da desgraça: governos corruptos, um maluco que fez a merda, milhões de pessoas morrendo, um pequeno grupo de heróis tentando salvar o mundo. Ao final, os heróis revertem a coisa, salvam seus ente queridos, salvam os governantes, mas os milhões que pereceram parecem não ter qualquer importância e a vida segue normal com os que sobraram. Agora, estamos vivendo como num desses filmes com o surto no novo vírus. E nada escapa do roteiro. É exatamente como na arte. Há uma parcela da população que simplesmente não importa pra ninguém. Ouvindo as orientações para a população logo se percebe que os médicos e governantes […]

A reforma agrária dá certo

O processo de destruição das conquistas sociais está em curso e é mais do que hora da união do campo e da cidade.

reforma agrária - 3

Desde que em 1985 um grupo de agricultores sem-terra decidiu ocupar terras da união ou improdutivas para forçar a reforma agrária que o Brasil passou a conhecer o Movimentos dos Trabalhadores Sem-Terra: o MST. Naqueles anos de fim do regime militar e de recomeço da frágil democracia brasileira, os sem-terra eram demonizados: bandidos, baderneiros, subversivos. Para a mídia comercial nada mais eram do vagabundos roubando terra alheia. E, para eles, o que estava reservado era a polícia, a prisão, a violência, a difamação. Mesmo assim, milhares de famílias que já não tinham nada a perder decidiram engrossar as fileiras do movimento e as ocupações de terra foram crescendo em todo o país. A primeira grande ocupação, a Fazenda Annoni, no […]

Os carregadores de voz

Não é sem razão que o presidente do Brasil ataca os jornalistas. Ele grita em alto e bom som que o jornalismo mente. E ao fazer isso está apenas expressando uma opinião que já está consolidada nos brasileiros.

Bolsonaro contra jornalismo

O jornalismo é um fazer que, segundo o teórico Adelmo Genro Filho, deveria ser uma forma de conhecimento capaz de transitar entre o singular, o particular e o universal. Ou seja, aquilo que é único no acontecimento, sendo mostrado na relação com o todo. Só assim o leitor, espectador ou ouvinte poderá compreender o que realmente aconteceu, porque terá à sua disposição toda atmosfera do fato. A universalidade. Fazer jornalismo assim não é para qualquer um. Precisa estofo. Isso significa que a pessoa que escreve, narra e descreve, tem de carregar dentro de si uma boa bagagem intelectual. Há que ter lido muita literatura, muitos livros de história, há que conhecer em profundidade os grandes dramas do seu espaço geográfico, […]