A luta contra a guerra é a luta principal hoje no mundo

Sem a incorporação da luta contra o capitalismo predador e contra as guerras genocidas promovidas pelos Estados Unidos sequer haverá tempo para investir em políticas de melhoramento do clima e do ecossistema. 

Luta contra a guerra

No último dia 15 de março milhões de crianças foram mobilizadas em uma manifestação mundial contra o aquecimento global e na defesa do planeta. Os protestos, realizados em mais de 70 países, foram divulgados à exaustão em todos os meios massivos de comunicação. Imagens das crianças pedindo cuidados com o meio-ambiente encheram as telas no que ficou cunhado como “o maior movimento ambiental da história” ou a “Greve Global pelo futuro”. Segundo os organizadores, se as crianças não se mobilizarem, os adultos destruirão o planeta com a falta de cuidado em relação ao meio-ambiente. Esse movimento teve início com a ação de uma garota sueca, de 16 anos, Greta Thunberg, que começou a faltar às aulas nas sextas-feiras, desde agosto […]

A Venezuela, Trump e o pó-de-mico

Há uma agenda para ser cumprida. Quem cumpre, sobrevive, quem não cumpre, cai.

Trump e Maduro

O golpe programado pelos Estados Unidos, para esse fevereiro, com a ajuda de parte da elite venezuelana e alguns presidentes latino-americanos, fracassou. Mas, foi por agora. A presença do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, na Colômbia, no dia seguinte, e a reunião com o grupo de Lima mostra que o ataque não vai parar. Afinal, é fundamental para o império estadunidense que a Venezuela venha abaixo, porque ela representa um perigo, uma pedra no sapato, na dança das cadeiras que está sendo bailada pela burguesia mundial. É importante perceber que o que parece ser uma cruzada contra Maduro, é, na verdade, uma jogada bem mais complexa, e envolve uma briga de “cachorros grandes” que disputam o poder. A América Latina […]

A horrível verdade de ser um ser um professor negro nos Estados Unidos da América

Ler o ódio racista branco pode ser traumático. Ouvir o ódio racista branco intensifica o impacto. Ouve-se a inflexão da voz, seu volume, seu nervosismo e ódio, seu terror.

Racismo, endorracismo y xenofobia en Iberoamerica

Para esses escritores, «um professor preto» é um oximoro. Um preto é um preto, incapaz de raciocinar. Kant, Hegel e Jefferson fizeram cada um deles alegações semelhantes sobre os negros serem pessoas privadas da racionalidade. Talvez eu esteja apenas repetindo (como Hume disse sobre os negros) o que eu já ouvi.

Hablemos de solvencia moral

Los ataques de Estados Unidos y sus aliados contra Siria nos deben poner en alerta.

Estados Unidos - Siria

El presidente Trump destaca por antipático y por generar rechazo. Pero es importante comprender que la política exterior de Estados Unidos responde a la estrategia de dominación que ese país ha mantenido durante más de 200 años. Creada para dominar política y económicamente al planeta, esta política hoy afecta a Siria, ayer fueron Irak y Afganistán, anteayer República Dominicana, Cuba, Guatemala, Chile, Argentina, las naciones africanas, Japón y se podría seguir contando las innumerables “intervenciones” abiertas o clandestinas ejecutadas por ese país para imponer dictadores dóciles y sanguinarios. Siria no es más que una etapa en el dominio pretendido por esa nebulosa administración estadounidense –Trump solo sigue una línea ya trazada- demostrando que cualquier oposición será atacada con violencia. Es […]

La ira transformadora

Un estado de frustración contiene toda la energía necesaria para generar cambios.

Protege a los niños, no a las armas

El iracundo reclamo de una niña por los asesinatos de 17 adolescentes en su establecimiento escolar ha sido el discurso más claro y rotundo contra la política clientelar de la Casa Blanca con respecto al control de armas. Fue Emma Gonzalez, estudiante del instituto de Parkland en donde Nikolas Cruz ingresó con un fusil semiautomático y comenzó a disparar a mansalva, dejando decenas de muertos y heridos, quien elevó la voz para preguntarle al presidente Trump cuánto recibe por proteger los intereses de la Asociación Nacional del Rifle.  El tema del control de armas, a pesar de esta tragedia reciente en el estado de Florida, no ha tenido eco en las altas esferas. El inmenso poder de este lobby […]

Os Estados Unidos e a doutrina da guerra permanente

As peças do tabuleiro mundial seguem se movendo, a história não é estanque.

Neoimperalismo Estados Unidos

Tem sido comum os Estados Unidos inventarem doutrinas para justificar suas ações no mundo. E cada uma delas aparece num determinado tempo histórico, no qual o país do norte vai expandido seu processo de acumulação de capital. Até agora cinco grandes doutrinas se concretizaram, todas aprofundando e justificando o processo de dominação que culmina hoje no que Tierry Meysson chama de neoimperialismo. O capitalismo avançando e se expandindo. E o que é uma doutrina? Um corpo fechado de regras que não pode ser debatido, apenas cumprido. No que diz respeito à América Latina, por exemplo, a primeira grande doutrina é a Doutrina Monroe,de 1823. Nascida de uma declaração do presidente Monroe, ela estabelecia que a partir de então, a América Latina estaria […]