se olvidaron de que somos semilla…

“chapa, desde que você sumiu todo dia alguém pergunta de você…” acordar todo dia com essa sua ausência. ir dormir sonhando com sua presença. que faz falta, muita e tanta falta. no méxico, 43 estudantes (indígenas em sua maioria) estão desaparecidos desde setembro de 2014, no brasil, são inúmeros os episódios cotidianos de assassinato de jovens, em sua maioria, negros e moradores de bairros periféricos. quando teremos em nossos países um pouco mais de respeito pela vida humana? quando mais justiça?

latitudes latinas

se olvidaron de que somos semilla…24/09/2016

no final de 2014 as produtoras rip.mx e pedro y el lobo lançaram uma proposta: que artistas enviassem suas colaborações para um disco que seria lançado em apoio aos familiares dos estudantes de ayotzinapa. a resposta foi imediata. receberam mais de 160 canções, vindas das mais diversas latitudes: argentina, espanha, estados unidos, méxico, uruguai e venezuela. uma vez finalizada a seleção – que contou com a participação de familiares e de omar garcía, um dos estudantes que conseguiu escapar com vida do massacre – surgiu de vuelta a casa, cd que a gente destaca nesta edição de latitudes latinas.

 

Fonte: http://latitudeslatinas.com/se-olvidaron-de-que-somos-semilla/

Participa

[Votos: 0 - Media: 0]