negro noviembre

sim. novembro negro. assim como o resto do ano inteiro, vale lembrar. mas novembro marca data que é memória de zumbi, que é outro nome do resistir. como dandara, como negra zeferina. como quilombo. nesta edição, mais outras vozes negras destas latitudes. que chegam com cantos de benção, de saudação, cantos de alegria e de guerra, cantos que são memória de vozes, de saberes que precisam circular mais por nossos sentidos.

latitudes latinas

negro novembro12/11/2016

agô

cd agô! cantos sagrados do brasil e de cuba

agô é projeto gravado em 2001 sob direção de guga stroeter com a participação dos ogãns sapopemba e valdemar, do violonista e arranjador dino barioni, ari colares na percussão e os cubanos pepe cisneros e yaniel mattos nos teclados. o cd faz uma aproximação do brasil e cuba através de cantos sagrados tradicionais de origem iorubá, cantados em bilígue.

pa’ papà eleggua

ribeaux vega cd yambambé

pa’ papà eleggua é uma canção tradicional afrocubana que saúda ao orixá exu. o percussionista cubano ribeaux vega em seu disco yambambé exploa também ritmos e estilos musicais como merengue, chachacha, mozambique, conga, oriental, tambores batá, bolero e rumba.

áfrica

aurelio martinez

o cantor, compositor e percussionista, aurelio martinez nasceu em honduras e é um representante da música de origem cultura garífuna que tem raízes indígenas, africanas e caribenhas. a canção áfrica é uma composição autoral incluída no cd paranda que faz uma homenagem ao ritmo de origem garífuna, parranda.

santo negro

guillermo anderson e aurelio martinez cd llevarte al mar

santo negro faz parte do álbum llevarte al mar (2004) do músico hondurenho guillermo anderson. esta canção foi gravada em la ceiba na costa hondurenha com a sua banda ceibiana. a composição em língua garífuna, falada pela comunidade afro-indígena de honduras, é o resultado de sua parceria com o cantor aurelio martinez e o coro feminino “la mala polilla”, ambos grandes artistas garífunas.

kumina

colombiafrica – the mystic orchestra cd voodoo love inna champeta-land

a champeta, ritmo musical nascido no caribe colombiano é tema  do cd  voodoo love inna champeta-land (2007) que traz uma compilação de ritmos e culturas afro em território latino americano. the mystic orchestra é um projeto musical que reúne músicos e percussionistas afro-colombianos e africanos.

malembe

vasallos del sol

vasallos del sol é um grupo  formado no ano de 1990 por músicos e dançarinos que baseiam- se em cantos e danças tradicionais da venezuela. malembe é uma canção que representa a presença da cultura do congo na venezuela.

afro litoraleño i

pablo suárez (compilação, arranjo e interpretação) cd tangó de san miguel

realizada pelo percussionista argentino pablo suárez,a canção afro litoraleño faz parte do cd tangó de san miguel, resultado de uma pesquisa que compilou os ritmos presentes nas culturas de comunidades afro do litoral argentino.

kilele

grupo bahía trio cd pura chonta

kilele, um canto clássico da música afro-colombiana interpretada pelo  grupo bahia trio, no álbum pura chonta (2005). bahía trío, conduzido pelo músico hugo candelario, pesquisador de ritmos e instrumentos da cultura afro-colombiana, em especial a marimba,  neste disco aposta no que chama de pacific jazz – uma combinação dos instrumentos tradicionais colombianos,  como cununo, marimba de chonta com  piano, baixo e bateria.

segredo dos pretos (samba – tumba carnaval)

alterlatina cd fecunda

composto por sete musicistas e pesquisadoras chilenas, alterlatina se formou em 2001 com a proposta de explorar os diversos cantos, sons e ritmos de nosso continente. segredo dos pretos é uma canção que mescla samba com tumba carnaval, um estilo de dança de origem africana, tradicional ao norte do chile, em especial a cidade de arica e faz parte do cd fecunda, ano 2011.

r’s (festejo)

rafael santa cruz cd el cajon afroperuano

nascido numa família de tradição musical, rafael santa cruz iniciou sua carreira aos 14 anos, participando na gravação do álbum socavón, de nicomedes santa cruz. fundou o grupo “hermanos santa cruz & afroperú” e hoje atua como músico, professor e pesquisador da cultura afro-peruana. o músico organiza o festival internacional del cajón, que acontece anualmente na cidade de lima, peru. o álbum el cajón afroperuano faz parte do projeto que um livro e um cd que recolhe 19 canções interpretadas por diferentes cajoneros peruanos.

temporal

richard serraria cd pampa esquema novo

em ritmo de candombe com tamborins, o músico riograndense richard serraria apresenta a canção “temporal” , que faz parte do disco pampa esquema novo, uma produção feita a partir da expressão negra gaúcha brasileira em diálogo com o candomblé uruguaio e a murga, ritmo que compõe a condição negra da milonga, parte do tango.

andarele

madera metálicos

música tradicional afro esmeraldeña cantada pelo duo de rap equatoriano madera metálicos, nascido em bordón, esmeraldas nos anos 90. de origem esmeraldeña este projeto musical é uma fusão de ritmos da cultura esmeraldeña com outros gêneros musicais como salsa rap, reggaetón, balada pop.

rosário dos pretos

sérgio pererê

o multi-instrumentista, cantor e compositor mineiro sérgio pererê interpreta a canção rosário dos pretos, uma homenagem à nossa senhora do rosário dos pretos e às culturas dos grupos de congado e moçambique em minas gerais.

Fonte: http://latitudeslatinas.com/negro-noviembre/