Call for Papers

inglesSpainIberoamérica social: Revista-rede de estudos sociais Ano 5 Núm. IX

A fronteira como localização geográfica, epistêmica, política e cultural

Desde sempre diferentes formas de coletividades têm construído fronteiras para se defender, proteger, distinguir e excluir. São levantados muros e  cercas ou mesmo utilizadas barreiras naturais, como montanhas, lagos e rios para proteger suas fronteiras e tentar controlar e vigiar a entrada de estrangeiros ou produtos considerados ilegais. As fronteiras podem ser sinônimos de medo perante à alteridade, ou de militarização e de violência, mas sem dificuldade, no entanto, muitas vezes se tornam lugares para trocas de conhecimento, cooperação e integração.

Para esta nova edição da revista Iberoamerica Social nós queremos abordar esta temática, compreendendo a fronteira não apenas como limite espacial ou temporal, mas também como um lugar geográfico, epistêmico, como interseção política e cultural, de deslocamento e cruzamento entre diferentes pontos referenciais, que se articulam e também se tencionam. Assim que a fronteira é construído e ressignificada como um possível lugar para viver, transformar ou destruir.

Iberoamerica Social: Revista-rede foi fundada com o objectivo de promover a cooperação para a criação e disseminação de conhecimento entre os países da região ibero-americana, aproveitando a tecnologia que a plataforma digital pode oferecer. É uma publicação semestral de carácter acadêmico e multidisciplinar que excede limites dos estudos sociais em busca de uma ciência social, humana, respeitosa e responsável.

Tem prioridade as temáticas atuais que envolvem, afetam e interessam a sociedade ibero-americana, como a democracia, os direitos humanos, o género, o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável e inclusivo de nossos povos. Portanto, além dos artigos do dossiê principal temático, nós temos um espaço aberto e dedicado para artigos de temática livre.

Os trabalhos podem ser enviados até 30 de outubro de 2017 através da plataforma Open Journal System de Iberoamérica Social. A sua classificação será a seguinte:

Artigos acadêmicos: Seis a dez artigos originais de pesquisa, reflexão ou revisão para o dossiê e uma seção com até seis artigos em temática livre. A extensão máxima é de 10.000 palavras. O sistema de avaliação da revista para todos estes materiais é o denominado como “avaliação por pares do tipo double blind”.

Miscelanea: Seis a oito espaços na seção de miscelânea para resenhas de livros, relatos de experiências de pesquisa, cartas de opinião, ilustrações, fotografias e outras expressões artísticas ou culturais relacionadas com o tema principal do número. Sua publicação está sujeita ao parecer de especialistas em cada campo.

Serão considerados para esta chamada textos escritos em espanhol, português ou inglês.

Iberoamerica Social promove a reflexão inclusiva e produção intelectual. Portanto, nós encorajamos jovens investigadoras e jovens investigadores para participar conosco.

Conhece nossas normas de publicação aqui

O Conselho Editorial

 Traduzido por Priscila Oliveira Silva