Call for Papers Iberoamérica social: Revista-rede de estudos sociais Ano 7 Núm. XII

Call for Papers XII - Por

SpainO sexto continente na Iberoamérica: A emergência da comunicação

A sociedade atual e as mudanças que nela se desenvolvem fazem com que a cada dia que se passa as “grandes verdades” sejam desmontadas. Atualmente, o que caracteriza esta sociedade é a incerteza perante a falta de confirmações ou regras sociais que regiam e que davam suporte ao desenvolvimento consequente dos grupos sociais.

A falta de certeza tem permitido visibilidade para setores sociais que, pelo uso das tecnologias da informação, tem encontrado novas formas para exercer pressão política e social que acabam por conduzir a mudanças na sociedade. Neste momento se fala de comunicação emergente; porém essa emergência a partir da comunicação não deve apenas ser considerada como parte de processos revolucionários ou emancipadores, porém também daqueles movimentos radicais e conservadores que se encontravam atônitos perante o desmonte de sua realidade. O canal se abre para todos.

Estes processos não se dão apenas no plano social real, porém também no que nós chamaremos de “sexto continente” que é desenvolvido principalmente a partir da tecnologia informática como elemento dinamizador: A internet. Este novo espaço virtual, que tem uma base social, se converte em um lugar de luta onde todos querem estar porque tem algo para dizer aos demais; ainda que alguns também tentem lhe dominar e controlar. É uma pluralidade caótica; uma batalha pela voz.

Neste novo campo, sem embargo, não existe ainda um marco jurídico universal que permita regular o uso e suas consequências, e por isso precisamos localizar o objeto de estudo e problematizar sobre os casos concretos que tem se desenvolvido na Iberoamérica.

Portanto, o novo contexto estabelece uma área ampla de pesquisa que pode (e deve) ser abordada a partir das ciências sociais desde um enfoque multidisciplinar, já que a realidade e os fenômenos que nela são levados a cabo já não podem ser vistos somente sobre as suas ações, mas também sem sua interação-comunicação.

Neste número, intitulado “O sexto continente na Iberoamérica: A emergência da comunicação” nos interessa visibilizar e analizar a partir de uma perspectiva multidisciplinar os processos emergentes de comunicação e organização social na Iberoamérica, como estes funcionam no plano social, como se replicam na esfera digital, que implicações tem nas relações sociais de interação e da confirmação de uma “cidadania digital”, assim como as ações que estão sendo tomadas para regular o sexto continente enquanto lugar de (in)comunicação e (des)informação.

Iberoamerica Social: Revista-rede foi fundada com o objectivo de promover a cooperação para a criação e disseminação de conhecimento entre os países da região ibero-americana, aproveitando a tecnologia que a plataforma digital pode oferecer. É uma publicação semestral de carácter acadêmico e multidisciplinar que excede limites dos estudos sociais em busca de uma ciência social, humana, respeitosa e responsável.

Tem prioridade as temáticas atuais que envolvem, afetam e interessam a sociedade ibero-americana, como a democracia, os direitos humanos, o género, o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável e inclusivo de nossos povos. Portanto, além dos artigos do dossiê principal temático, nós temos um espaço aberto e dedicado para artigos de temática livre.

Os trabalhos podem ser enviados até 30 de março de 2019 através da plataforma Open Journal System de Iberoamérica Social. A sua classificação será a seguinte:

Artigos acadêmicos: Seis a dez artigos originais de pesquisa, reflexão ou revisão para o dossiê e uma seção com até seis artigos em temática livre. A extensão máxima é de 10.000 palavras. O sistema de avaliação da revista para todos estes materiais é o denominado como “avaliação por pares do tipo double blind”.

Miscelanea: Seis a oito espaços na seção de miscelânea para resenhas de livros, relatos de experiências de pesquisa, cartas de opinião, ilustrações, fotografias e outras expressões artísticas ou culturais relacionadas com o tema principal do número. Sua publicação está sujeita ao parecer de especialistas em cada campo.

Serão considerados para esta chamada textos escritos em espanhol ou português.

Iberoamerica Social promove a reflexão inclusiva e produção intelectual. Portanto, nós encorajamos jovens investigadoras e jovens investigadores para participar conosco.

Conhece nossas normas de publicação aqui

O Conselho Editorial