Pantomima

A pantomima, segundo o artista brasileiro Flávio de Carvalho, comprovaria que a escrita surgira antes da fala e se tornara para o homem do começo, o primitivo, um registro dos acontecimentos do passado feito com o seu corpo. O termo, que vem do grego pantómimos, evoca a imitação pela arte e nos recorda que, no princípio, havia uma afinidade secreta entre a palavra e a imagem. Esta se desdobrara nos ideogramas, hieróglifos, criptogramas e se manifesta no desenho, na poesia (mesmo na ocidental) e no cinema – em seu nascimento mudo e nos fotogramas, recortes de poses estagnadas que despertam a pulsão da imagem e o parentesco entre escrever e gesticular. Ao designar-se como “Pantomima”, este blog refere-se ao propósito […]