Ouvi ontem a fala do presidente dos Estados Unidos sobre a retirada do “seu” pessoal do Afeganistão. Ele informava à nação sobre a evacuação do país e sobre quem eles tinham decidido salvar. Tranquilo e sem pejo ele disse que 28 mil afegãos tinham sido resgatados, aqueles que durante esse tempo de ocupação haviam colaborado com os Estados Unidos. “Fizemos isso, porque é assim que somos. Cuidamos dos nossos”. Pois bem, 28 mil pessoas e ponto final. Os demais que se virem. Foram lá e destruíram um país, então esse descaso com as gentes não é novidade. “Só se dá bem que é nosso amiguinho”. E provavelmente a audiência aprovou sem destaques a decisão. Disse ainda o presidente que não […]

POVOS INDÍGENAS: MAIS UM CORPO DILACERADO

O massacre iniciado em 1500 ainda não terminou.

Uma menina indígena, de 14 anos, da etnia Kaingang, de nome Daiane Griá Sales, foi encontrada morta, com o corpo dilacerado e alguns órgãos retirados, no interior do Rio Grande do Sul. Ela vivia na terra indígena de Guarita, em Redentora, noroeste gaúcho, uma área de 24 mil hectares que abriga mais de sete mil almas Kaingang e Guarani. O corpo foi achado numa lavoura, cheio de hematomas e estraçalhado da cintura para baixo. Uma cena de horror, certamente constituída pelo ódio. Não se sabe ainda o autor nem a motivação. A notícia circulou na mídia burguesa como mais um crime, sem maiores alardes. Até aí, nenhuma novidade. Corpos indígenas caem todos os dias nos cantões do Brasil, assassinados pelos […]

Os dias têm sido assim. De dia a CPI da Covid no Congresso Nacional, um teatro de emoções simuladas, mentiras e atuações dramáticas que parecem ir para lugar nenhum. De noite, as Olimpíadas, onde atletas mal pagos, sem patrocínio e sem espaço para treinamento disputam os esportes individuais, alguns até arrebatando medalhas, o que faz a mídia entreguista vibrar e enaltecer o “esforço” pessoal. Correndo por fora, temos o presidente da nação, criando a cada minuto um novo factoide, ameaçando e chantageando o país, prometendo um golpe, sem que nenhuma instituição do chamado “mundo democrático” faça qualquer coisa. São dias fatigantes e desesperadores. Não se pode dizer que não há reação. Há. Mas ela é pequena e pontual. Nesse momento, […]

Cuba vive dias de protestos

O massacre contra Cuba inicia uma nova versão: a chamada guerra híbrida, provocada desde as redes sociais, insuflando o protesto da população. Neste final de semana várias cidades cubanas registraram manifestações, muitas delas puxadas por gente com a bandeira dos Estados Unidos.

O massacre contra Cuba inicia uma nova versão: a chamada guerra híbrida, provocada desde as redes sociais, insuflando o protesto da população. Neste final de semana várias cidades cubanas registraram manifestações, muitas delas puxadas por gente com a bandeira dos Estados Unidos. Nenhuma novidade até aí. É sabido que os EUA mantém todo um programa de comunicação contra a revolução desde Miami, com emissoras de rádio e de televisão transmitindo direto para Cuba, apontando as maravilhas do capitalismo. As mensagens apontam o comunismo como um regime totalitário e clamam por “liberdade e democracia”, as duas palavrinhas mágicas usadas para derrubar governos em todo mundo. Agora, com o advento da internet, a comunicação ficou ainda mais violenta e se dirige principalmente […]

Haiti, esse desconhecido

A notícia do assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moïse, levantou uma série de dúvidas por parte dos brasileiros. Quem era esse presidente? Era de esquerda? O que houve foi um golpe? Vamos apontar aqui alguns elementos para tentar compreender o que se passa no Haiti.

A notícia do assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moïse, levantou uma série de dúvidas por parte dos brasileiros. Quem era esse presidente? Era de esquerda? O que houve foi um golpe? Vamos apontar aqui alguns elementos para tentar compreender o que se passa no Haiti. Primeiro sempre é bom lembrar que o Haiti foi a primeira nação negra da história nessa região de Abya Yala (as três Américas), conquistada dos invasores franceses em 1801. Esse feito foi protagonizado por uma revolução dos negros escravizados que viviam na ilha, sob a liderança de Toussaint Loverture e Jean Jacques Dessalines. Os haitianos colocaram para correr o exército de Napoleão, então considerado imbatível, uma humilhação para  os franceses. Naqueles dias o país também […]

Morro dos Cavalos é terra Guarani

Justiça dá prazo de 30 dias para a União definir a homologação

Quando os portugueses resolveram descer o litoral da Terra de Santa Cruz e passaram por Santa Catarina em 1515 já avistaram por aqui os Guarani, chamados por eles de Carijós. Essa etnia ocupava grandes extensões de terra desde o que hoje é o Mato Grosso até a Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, e tinham como centro do seu mundo o espaço onde hoje é o Paraguai. Como muitas outras etnias que fizeram contato com os portugueses, os Guarani os receberam em paz. Eram seres estranhos em barcos estranhos, mas foram acolhidos. Só mais tarde os Guarani compreenderam que ali estavam predadores, e foi isso que os fez moverem-se para dentro do território. A invasão das terras Guarani […]