O tempo da confusão

Li há pouco tempo o longo artigo de Jimmie Moglia sobre a política estadunidense interna e externa. A que está em curso com Trump e a que vem com Biden. Segundo ele, tanto um quanto o outro trabalham firmemente com a nova modalidade de poder que veio montada na emergência das atuais plataformas de comunicação: a da confusão.

Li há pouco tempo o longo artigo de Jimmie Moglia sobre a política estadunidense interna e externa. A que está em curso com Trump e a que vem com Biden. Segundo ele, tanto um quanto o outro trabalham firmemente com a nova modalidade de poder que veio montada na emergência das atuais plataformas de comunicação: a da confusão.   Mogli diz que o país caminha em meio a bombardeios éticos, mísseis terapêuticos, assassinatos democráticos e uma espécie de imperialismo humanitário. “Mesmo o raciocínio mais perspicaz pode ser facilmente confundido com tudo isso, enquanto o mítico cidadão comum, perdido no labirinto mental das notícias, sente como se tivesse tropeçado na escuridão absoluta de um universo sem estrelas. Não se pode negar que […]

O plano é assaltar o Estado

O Brasil segue em passos largos no processo de contaminação pelo coronavírus, vivendo um de seus piores momentos desde julho, ultrapassando a marca dos 300 mil contaminados em uma semana.

O Brasil segue em passos largos no processo de contaminação pelo coronavírus, vivendo um de seus piores momentos desde julho, ultrapassando a marca dos 300 mil contaminados em uma semana. Enquanto isso o presidente da nação desinforma sobre a vacinação, faz piadinhas, inaugura exposição de suas próprias roupas e vai pescar. Tudo isso diante uma população completamente apática. Os gritos só aparecem nas redes sociais e em um ou outro meio de comunicação como o jornalão Folha de São Paulo que escreveu no seu editorial que “a estupidez assassina do presidente passou de todos os limites”. Mas, o fato é que o presidente passa dos limites a cada semana e isso só faz aumentar o índice do seu limite porque, […]

América central: um milhão de migrantes em 2020

Mais de um milhão de pessoas a abandonar os países da América Central só neste ano de 2020

Essa semana uma nova coluna de gente organizou-se em San Pedro Sula, Honduras, para sair em caminhada rumo aos Estados Unidos. Pelo menos 400 pessoas, congregando famílias inteiras, que perderam tudo o que tinham, acossadas pelos furacões, pela violência e pela miséria sistêmica. “Nada mais nos resta que nos colocar a caminho”. A maioria sabe que vai ser bem difícil atravessar a fronteira dos EUA, mas é a vontade de viver que os põe em marcha. De alguma maneira, acreditam que podem ter mais sorte saindo do país do que ficando. Esse é o sentimento que levou mais de um milhão de pessoas a abandonar os países da América Central só neste ano de 2020, conforme números revelados pela Comissão […]

O rescaldo das eleições na Venezuela

Sem poder gritar «fraude», a oposição golpista diz que o governo é ilegal. Países da América Latina, exceto México, Argentina, Cuba e Bolívia, embarcam em mais essa mentira.

A Venezuela passou nesse domingo (6) por mais um processo eleitoral, desta vez para eleger a nova Assembleia Nacional. Eleições livres, seguras e revestidas de toda a transparência. Mas, ainda assim, os países latino-americanos alinhados com os Estados Unidos insistem em não reconhecer o resultado, alegando que o governo de Nicolás Maduro é ilegal e que, portanto, isso torna também ilegais as eleições. Poderia ser uma piada se não fosse sério e não contasse com a imediata manifestação de presidentes de nações em um documento conjunto assinado pelos presidentes de Brasil, Estados Unidos, Uruguai, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Guyana, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Santa Lucía. A União Europeia também se manifestou […]

O tempo dos maus? Onde estás felicidade

O mundo capitalista alfabetiza os seres humanos, desde a tenra idade, para a competição, o individualismo, o egoísmo.

tempo dos maus

A morte de um mendigo numa padaria em São Paulo – ao qual, antes, foi negada ajuda – e que, depois, teve seu corpo coberto por um plástico, enquanto a vida no entorno seguia sem atropelos provocou muitos comentários nas redes sociais sobre a falta de generosidade das pessoas. Há que falar sobre isso. Frequentemente ouvimos que estamos vivendo o pior dos mundos, que nunca houve gente tão ruim ou descabeçada. Não é verdade. Esse tipo de gente sempre existiu em todos os tempos. Cada tempo tem sua cota de maldade, de terror, de medo. Basta a gente pensar como seria, sendo pobre, trabalhador ou mulher, viver no século 16 ou 17, por exemplo, no Brasil? Ou na Idade Média, […]

Réquiem para Diego

Diego viveu. Atormentado, sofrido, mas também alegre, pleno, cheio de amor por esse mundo ainda não-visto, ainda não-constituído, mas que caminha em cada um de nós que coloca seu tijolinho na luta pelo mundo novo.

Réquiem para Diego

Hoje, dia 25 de novembro, foi um dia que chorei um bocado. Cada vez que entrava na internet e via algum escrito sobre Diego Maradona. Uma sensação de perda, profunda e dolorida. O Maradona era um cara especial. Um tipo que tendo ficado famoso poderia ter simplesmente vivido sua fama, sua grana, tornando-se um babaca, como tantos que conhecemos. Não é fácil sair da pobreza, conquistar o mundo e não se perder. Diego perdeu-se em muitas coisas. Álcool, drogas, mulheres. Sabe-se lá que dores o atormentavam. Sabe-se lá se foi apenas deslumbramento. O pequenino de Lanus aproveitou a vida à larga. Teve seus ataques, mostrou sua sombra, expôs os demônios. E ele poderia ter ficado nisso. Mas, não. Diego decidiu […]