Colonialidad, Estado Y Descolonización.

Conversando con Félix Cárdenas, vice-ministro de descolonización sobre el proceso boliviano.

“El concepto de descolonización invita a entender que toda institucionalidad del Estado es totalmente colonial y colonizante: la educación, la religión, las fuerzas armadas, la policía son totalmente institucionalidades coloniales y colonizantes. Entonces la descolonización implica desnudar, en primer lugar, este Estado colonial, visibilizarlo, evidenciarlo y solo así podemos ponerlo en crisis.”

Colonialidad y Cis-normatividad.

Conversando con Viviane Vergueiro.

“Penso a cisgêneridade como um posicionamento, uma perspectiva subjetiva que é tida como natural, como essencial, como padrão. A nomeação desse padrão, desses gêneros vistos como naturais, cisgêneros, pode significar uma virada descolonial no pensamento sobre identidades de gênero, ou seja, nomear cisgêneridade ou nomear homens-cis, mulheres-cis em oposição a outros termos usados anteriomente como mulher biológica, homem de verdade, homem normal, homem nascido homem, mulher nascida mulher, etc.”

Colonialidade e Cis-normatividade.

Conversando com Viviane Vergueiro.

“Penso a cisgêneridade como um posicionamento, uma perspectiva subjetiva que é tida como natural, como essencial, como padrão. A nomeação desse padrão, desses gêneros vistos como naturais, cisgêneros, pode significar uma virada descolonial no pensamento sobre identidades de gênero, ou seja, nomear cisgêneridade ou nomear homens-cis, mulheres-cis em oposição a outros termos usados anteriomente como mulher biológica, homem de verdade, homem normal, homem nascido homem, mulher nascida mulher, etc.”