As escolas, os estudantes e a flor

Uma das táticas infalíveis do processo de produção de consenso é a repetição contínua e sistemática de mentiras. São tantas vezes ditas que viram verdades. Nelas, também é bastante comum as coisas trocarem de lugar. A vítima vira o vilão. É batata! Assim tem sido com os estudantes que ocupam escolas. De repente, aqueles garotos e garotas, que se aborreciam nas salas de aula, decidiram tomar o presente à unha. E diante de uma proposta que os governantes chamaram de “reestruturação” resolveram se levantar. A gurizada não é burra. Logo se deu conta que a reestruturação queria dizer destruição. Na época, o governo paulista, de Geraldo Alkmin (PSDB) decidiu fechar...

Estudiantes: los portadores de sueños

son peligrosos – imprimían las grandes rotativas son peligrosos – decían los presidentes en sus discursos son peligrosos – murmuraban los artífices de la guerra. hay que destruirlos – imprimían las grandes rotativas hay que destruirlos – decían los presidentes en sus discursos hay que destruirlos – murmuraban los artífices de la guerra. los portadores de sueños conocían su poder por eso no se extrañaban también sabían que la vida los había engendrado para protegerse de la muerte que anuncian las profecías y por eso defendían su vida aun con la muerte. (fragmento do poema “los portadores de sueños”, de gioconda belli) fonte:...

Escola Sem Partido – o que é e o que se esconde

O chamado movimento “Escolas sem Partido” não é uma novidade criada pela direita brasileira, muito menos saiu da cabeça do Alexandre Frota. Como sempre, é uma cópia piorada de movimento semelhante que existe nos Estados Unidos, desde os anos 80, conhecido como “No Indoutrination”, no qual as escolas recrutavam estudantes para espionar os professores considerados “de esquerda”. Os alunos escreviam relatórios sobre os professores denunciando-os, caso eles falassem de qualquer tema que não fosse o que estava estabelecido como verdade pela escola. Ou seja, censura total ao pensamento crítico. E o que é pior, a formação de pessoas movidas pelo ódio, legítimos dedos-duros. Pedagogicamente, um desastre. Pois em 2004 um...

Plano Nacional de Educação-PNE

O que é PNE? Segundo o “Observatório do PNE”, o Plano Nacional de Educação (PNE) é uma lei ordinária com vigência de dez anos a partir de 26/06/2014, prevista no artigo 214 da Constituição Federal. Esse plano estabelece diretrizes, metas e estratégias para serem realizadas na área da educação, para isso todos os municípios, e estados, devem ter seus planos da educação reajustados, para que entrem em consonância com o PNE. A lei que aprova o Plano Nacional de Educação é a LEI Nº 13.005, DE 25 DE JUNHO DE 2014, e nela se faz presente as diretrizes do plano (art. 2º da LEI Nº 13.005, DE 25 DE JUNHO DE 2014), as...

Apresentação

É com grande prazer que venho me juntar a comunidade Iberoámerica Social, através do blog: “Os caminhos da Infância”. Nesse Blog tenho como objetivo escrever sobre a meta 1- Educação Infantil-, do Plano Nacional de Educação (PNE), que é uma lei ordinária com vigência de dez anos a partir de 26/06/2014. Essa lei, prevista no artigo 214 da Constituição Federal, estabelece diretrizes, metas e estratégias de concretização no campo da Educação. O PNE lançou, em 2014, 20 metas, sendo cada uma voltada para uma área da educação básica até o ensino superior (como por exemplo: meta 1-Educação Infantil; meta 2- Ensino Fundamental; meta 3- Ensino Médio). No Blog pretendo escrever sobre...

Escola sem partido, o delírio da hegemonia

Desde há meses se está discutindo no Brasil sobre uma proposta de lei chamada “Escola sem partido” que fundamentalmente propõe o seguinte: Devo reconhecer que inicialmente me sinto atraído por algumas das ideias que na proposta se desenvolvem. Não doutrinar os estudantes, não fazer propaganda política ou apresentar as diferentes teorias existentes ao respeito do tema trabalhado na sala de aula (ainda que não sei de onde vai sair o tempo necessário para aquilo) me parecem elementos interessantes para serem debatidos para o devir da educação no Brasil. No entanto, quando chapeuzinho vermelho (desculpem pela cor escolistas sem partido) faz a proposta deixa ver o rabo de lobo que pretendia...