Mudar o sistema para mudar a educação No sistema capitalista a educação sempre será um braço ideológico constituído para manter as coisas como estão.

As Jornadas Bolivarianas, em sua 13° edição, discutiram a educação na América Latina, celebrando os 100 anos da Reforma de Córdoba, movimento estudantil universitário que mudou a cara do ensino superior em todo o continente. Naqueles dias de 1918, um ano depois da grande revolução russa, o mundo estava em polvorosa e, na Argentina, um …

Primeira infância

A primeira infância é a etapa da vida da criança que perpassa desde o nascimento até os primeiros seis anos de vida, e envolve um mar de descobertas e experimentações. Os pequenos vão começar a desvendar o mundo através do sensorial, eles vão cheirar, tocar, colocar na boca, morder, jogar, pisar, ouvir, ver…

A síndrome do impostor é definitivamente algo a se considerar. Algumas considerações para estudantes de pós-graduação não se sentirem externos à academia

Rachel Herrmann [1] [2] Ao meu passado, enquanto estudante de pós-graduação, No último verão eu escrevi uma carta sobre todas as coisas que eu queria que você soubesse quando iniciou a pós-graduação, mas eu fiz uma gigantesca omissão: A síndrome do impostor. Isso me ocorreu quando eu conversei com um novo estudante de pós-graduação neste outono …

Da produção acadêmica e da academia de produção

Dando continuidade ao que eu e Carlitos já viemos postando aqui na IberoAmerica¹, eu gostava de problematizar mais um capítulo das limitações que a (i)lógica da produção acadêmica em ciências sociais vem produzindo. Notadamente no tocante a qualidade x quantidade de materiais em curso de produção. Por vezes acabo lendo teses antigas de antropologia, escritas …