Turismo e desenvolvimento comunitário: notas de reflexão Qual o futuro para as aldeias e demais zonas rurais?

Estive recentemente num congresso onde se discutiam as relações entre o turismo e a cultura e, se cheguei com muitas dúvidas e desejoso de aprender o significado dos conceitos propostos para discussão, parti com maior perplexidade. Eu, que tenho trabalhado regularmente em torno da cultura popular e na análise dos discursos de menorização das práticas populares e do povo enquanto massa produtora de significados, tenho me apercebido que se tem tentado tratar o povo como alegoria e apêndice amovível que se coloca ou retira de acordo com as circunstâncias: se o povo reivindica o aumento de salário e a melhoria das condições de vida, está a ser manipulado por interesses que não são…

Halloween?

Tem sido vulgar desde há uns anos atrás a “comemoração” periódica do Halloween, (a esta altura do texto, quando se coloca a palavra em maiúscula, o corrector reconhece o vocábulo e retira o sublinhado a vermelho) desde os meios académicos portugueses até à mais vulgar celebração quotidiana. Secundado pelos professores da disciplina de Inglês do ensino secundário no seu trabalho de transmissão da cultura anglo-saxónica que os currículos obrigam, e ajudado por uma doutrina mediática situada num centro hegemónico de produção de estilos de vida, o Halloween é já para muitos uma “tradição”. O culto das bruxas na noite do dia 31 de Outubro de cada ano, a anteceder o…

A cirurgia plástica como tecnologia e como mediação: uma história dos procedimentos cirúrgicos

De étimo grego, kheiros significa “mão”, ergon significa “obra” e plastikos significa “dar forma” ou “moldar”. Ao longo do tempo inúmeras culturas recorreram a técnicas cirúrgicas para alargar lábios, furar as orelhas, dar um outro aspecto à face, retirar os excessos de gordura da barriga, enfim, alterar o corpo, com a multiplicidade de variações etnográficas e efeitos objectivos, sabendo-se que se gastam actualmente milhões em produtos de beleza e outros tantos em procedimentos intrusivos e não intrusivos; além disso, Lolo Ferrari, em quem o marido projectou uma imagem ideal conseguida por sucessivas plásticas, acabou por morreu em consequência disso, que Cindy Jackson, em vinte e sete operações plásticas, gastou perto…

Corpo e tecnologia: uma perspectiva

A “teoria do corpo” bebe as suas influências num leque muito vasto de temáticas colocadas à disposição em canais de comunicação específicos. Porém, circunscrevendo com maior acuidade o assunto, podemos observar que a preocupação com uma determinada estética performativa do corpo tem a sua base nas premissas individualistas da modernidade, recorrendo, para sua manipulação de cariz cirúrgico, a ramos da ciência que conseguiram atender às expectativas individuais, estabelecendo um conjunto de conhecimentos manuseáveis em direcção a esse fim. Todavia, é curioso de notar que as metáforas que ilustram o contacto entre corpos e tecnologia são exploradas por linhas próximas da arte, exemplos de uma narração que incorporou as ofertas do…

Corpo, Risco e Reflexividade: o caso da cirurgia plástica

No seu livro “Pureza e Perigo” Mary Douglas tem uma interessante passagem: para além de considerar o corpo como base para a compreensão simbólica da estrutura social, conseguida mediante a análise dos factores poluentes e tabus adstritos a uma cultura legítima que promulga a sua utilização, diz o seguinte no que se refere aos ritos: “os ritos públicos que tiram partido do corpo humano respondem apenas a preocupações pessoais, íntimas até.”. Considerando o rito como exemplo de afirmação de uma estrutura, como afere um dos teóricos clássicos desta área, Victor Turner, e extrapolando livremente o rito das sociedades ditas primitivas, associando-o enquanto prática de inscrição à cirurgia plástica, pretendemos discorrer…

Transsexualidade, Patología e Cultura

O diálogo entre as ciências sociais e a medicina continua tenso, pois cada uma reivindica a primazia do saber para justificar as intervenções no corpo. As primeiras, que muitas vezes incorporam o discurso do activismo, possuem resistências face ao segundo, e vice-versa, com matizes e particularidades a que é preciso devotar atenção. No início do século, durante a elaboração da minha dissertação de mestrado, entrei em contacto com um conjunto de pessoas que sofreram intervenções cirúrgicas com propósitos estéticos. Em 2000, a cirurgia plástica tomava proporções que hoje em dia estão perfeitamente aceites pela sociedade no seu todo, congruentes com a presença de uma multiplicidade de modelos estéticos entretanto socializados. A…